,

Leitura - 5 dicas para incentivar seu filho a ler


Por Malu Echeverria em Revista Crescer

Veja como criar um pequeno leitor desde cedo 


1. O primeiro passo para formar leitores é ter livros em casa. Se não há espaço para uma biblioteca, que seja ao menos uma estante ou um baú. Se você acha o preço dos livros infantis alto para o seu orçamento, pense duas vezes: quanto custa um tênis da moda, um gadget de última geração ou ir ao cinema com a família? Lembre-se que a educação é um investimento!

2. A criança precisa ter acesso fácil aos livros, para que eles façam parte do dia a dia dela – assim como acontece com os brinquedos. Eles não devem, portanto, ser tratados como objetos intocáveis.

3. É importante que os pais leiam para os filhos. São inúmeras as vantagens, como a interação familiar, a proximidade com as letras e a criação de um vínculo afetivo com o livro. Mas a leitura tem que ser prazerosa, e não uma obrigação. Do contrário, o efeito será negativo. Melhor ler para o seu filho uma vez por semana, porém de bom humor e envolvido na história, do que todos os dias com pressa ou sem paciência.

4. A leitura deve ir além dos livros. Se a criança já começou a ser alfabetizada, os adultos podem incentivá-la a interpretar sinais de trânsito, rótulos de alimentos, receitas e outros elementos que façam parte do universo dela. Uma dica é ajudá-la a escrever bilhetes e cartões para pessoas próximas. Sem nenhum tipo de pressão, claro. Isso vai aumentar a vontade de aprender a ler.

5. Por último, a família deve frequentar livrarias, bibliotecas e outros espaços relacionados ao universo dos livros, onde a criança possa ler e brincar. Assim, ela vai associar a leitura ao prazer. Sensação que, certamente, irá influenciar a relação com os livros pelo resto da vida.


0 comentários:

Postar um comentário