,

Você é um leitor compulsivo?

Listamos 10 mandamentos de um leitor compulsivo. Se você gosta de ler, pode-se identificar nestas 10 frases. Se não gosta, pode reconhecer amigos ou familiares que sejam, de fato, leitores compulsivos.




1º – Tem sempre um livro.
Os leitores compulsivos nunca andam sem um livro na mala ou debaixo do braço. Mesmo que não tenha muito tempo durante o dia, vai encontrar sempre uns minutinhos para ‘queimar as pálpebras’.

2º – Lê em qualquer lugar e em qualquer horário.
Por isso é que tem sempre um livro. Porque qualquer lugar é bom para ler. Na viagem de carro ou de ônibus, enquanto coloca os filhos para dormir, enquanto cozinha, ou em meio de uma noite de insónias. Qualquer horário é bom para ler. Muito embora haja livros que não podem ser lidos em qualquer lugar.

3º – Quando não tem o que ler dá um jeito.
Ficar sem ler é que nunca! Quando não há nenhum livro por perto, um leitor compulsivo vai ler o rótulo de uma embalagem, um painel informativo ou até uma revista cor-de-rosa numa sala de espera. Tudo serve, desde que seja para ler, não por prazer, mas para matar o tempo.

4º – Não resiste quando vê livros à venda.
Sempre que vai ao shopping para nas livrarias. Mesmo que não tenha orçamento para gastar em livros! Pode apanhar algum livro em promoção… ou pode simplesmente fazer uma pesquisa de mercado para adquirir no próximo mês. Hipermercados, feiras de velharias, artigos em segunda mão e feiras o livro são outros dos locais aonde um leitor compulsivo se vai ‘perder’.

5º – Tem uma lista de livros que quer comprar um dia.
E também uma lista de livros que tem de ler antes de morrer! Todos os títulos têm uma razão para constar por lá, desde os clássicos de sempre às trilogias que quer ler do início o fim sem intervalo. Muitas das vezes a lista não está escrita, mas sim na mente do leitor.

6º – Arranja sempre espaço para mais um livro em casa.
Mesmo que a estante já esteja a transbordar. Livros nunca são demais para um leitor compulsivo.

7º – Se empresta um livro é porque confia nessa pessoa.
Este tipo de leitor ama livros e ama os seus mais do que tudo. Aquelas páginas tornaram-se parte da sua vida e são feitas de recordações insubstituíveis. No fundo, os livros são como amigos com quem partilhou muita coisa, por isso emprestá-los, a quem quer que seja, é um grande voto de confiança.

8º – Quantas mais páginas melhor.
O leitor normal, ocasional, tem em consideração vários fatores antes de começar a ler um livro: o autor, o tema do livro, o preço (no caso de ter de comprá-lo) e, acima de tudo, o seu tamanho (ou seja, quantas páginas têm). E o leitor ocasional procura, muitas vezes, livros de poucas páginas. O leitor compulsivo faz exatamente o contrário. Livros grandes são sinónimo de mais palavras, mais história e mais horas de leitura.

9º – Dá atenção aos detalhes.
Num livro tudo é importante: em primeiro lugar o conteúdo, a qualidade da tradução, o autor, o título, a capa e a contracapa, até mesmo a qualidade do papel e o tamanho de letra utilizado.

10º – Adora que lhe ofereçam livros.
Ter um amigo, um familiar ou um companheiro que seja leitor compulsivo é, provavelmente, o melhor do mundo quando é necessário comprar-lhes presentes. Não tem que enganar, seja no Natal, nos anos, na Páscoa, épocas de celebração ou simplesmente para lhes “dar um mimo”, um livro é a melhor prenda que se pode oferecer a estas pessoas.

Você se reconhece em algum desses mandamentos? Ou reconhece alguém?
O Quem Lê Ganha Mais quer saber quantos leitores compulsivos há por aí.

0 comentários:

Postar um comentário