, ,

Leitura: um hábito transformador


Por que algumas pessoas gostam de ler e outras não? Realmente há tendências em cada um, porém muitos dos hábitos são construídos no dia a dia pelos estímulos que são captados no ambiente. Dessa forma, o hábito da leitura e o prazer associado a ele podem e devem ser incentivados para auxiliar a formar o leitor. Quanto mais cedo começar, melhor.

Os benefícios do hábito da leitura são inúmeros tanto para a criança quanto para o adulto. Amplia o vocabulário, ajuda a desenvolver pensamento crítico, auxilia no desempenho escolar, estimula a criatividade e a fantasia, relaxa, exercita a memória, a atenção e a concentração, entre muitos outros pontos positivos. Os benefícios são tantos que segundo o neurologista André Matta, ter a vida mentalmente ativa ajuda a adiar a chegada de doenças degenerativas como o Alzheimer. Uma das atividades mais indicadas para o exercício das funções cerebrais é a leitura.

Infelizmente, no Brasil, o índice de leitores é baixíssimo, ficando atrás inclusive de países em que o índice de pobreza é maior que o brasileiro. Para conseguir mudar esse cenário é preciso que as escolas e as famílias valorizem e incentivem a criação do hábito desde a infância, já que é nesse período do desenvolvimento que os hábitos são mais facilmente adquiridos.

Portanto, dicas podem ser de grande utilidade para ajudar os pais na transformação de seus filhos em leitores assíduos. Primeiramente, é importante sempre deixar livros e gibis por perto da criança e deixá-la à vontade para olhar, manusear, se interessar, ainda que não esteja alfabetizada. Ler para as crianças diariamente também é uma forma de mostrar o prazer da atividade, transformando esses momentos em momentos de lazer em família.

Presentear com livros e fazer passeios em feiras e bibliotecas também são válidos. E, por último, o adulto precisa ler para si mesmo também, ser o modelo de leitor. O comportamento e os hábitos dos familiares influem diretamente nas crianças, já que uma das formas de se aprender é por meio da imitação do que se vê.

Mas, se você já é adulto e não tem o costume de ler, sempre é tempo para mudar e criar novos bons hábitos. Comece procurando por livros de temas e de gêneros literários de seu interesse, podem ser romances, biografias, poesias ou ficção, desde que instigue sua curiosidade. Também é bom começar por livros pequenos para diminuir as chances de desistir no meio do caminho. Coloque metas que consiga cumprir, como ler dez páginas por dia, por exemplo. Procure realizar a leitura em momentos tranquilos e em lugares bem iluminados, para que possa se concentrar.

No início pode ser um pouco sacrificante, como qualquer outro hábito que se queira criar ou deixar, como começar a se alimentar de forma mais saudável, começar a praticar exercícios físicos ou abandonar o cigarro. Porém, em pouco tempo é possível perceber as mudanças benéficas em você mesmo. A leitura se torna uma companheira inseparável.

Entre tantos benefícios que a leitura pode trazer o maior, certamente, é o prazer que pode proporcionar. Um novo hábito, um novo lazer, uma nova companhia para toda a vida. Como dizem, quem lê nunca está sozinho.

Mayara Carinhato e Silva é psicóloga e pós-graduanda em psicoterapia breve. ma.carinhato@hotmail.com


0 comentários:

Postar um comentário