, ,

Resenha do Livro - Crise espiritual



Este livro foi escrito por Fernando Beier. Fernando é formado em Teologia, escritor e conferencista. Tem desenvolvido suas atividades pastorais em cidades do interior do estado de São Paulo.

Neste livro, o autor compartilha suas experiências, buscando auxiliar o leitor a lidar com os altos e baixos da vida cristã. Pois aqueles que buscam viver uma vida cristã de maneira correta, sabe que existem diversos momentos onde o desânimo e a tristeza atrapalham a caminhada cristã.

Através de sua experiência de vida, e de pessoas próximas, como seu pai, Fernando busca mostrar que mesmo a pessoa sendo uma cristã genuína, existe sim momentos em que falta a fé, o desânimo aumenta e que isso nos impossibilita continuar na caminhada rumo à eternidade.

Após fazer uma abordagem de todas as possíveis causas que pode ocasionar na vida do cristão uma baixa em sua caminhada, o autor apresenta formas de lutar e vencer essa batalha. A oração, a fé e a comunhão com Deus são grandes armas que o cristão necessita nessa caminhada. Outra coisa a ser evitada, é olhar e comparar sua vida cristã com a de outras pessoas, ou até mesmo desanimar por conta de pessoas da igreja, ou a frieza que muitos templos estão nos dias de hoje.

Neste livro vemos que grandes personagens bíblicos e personalidades do cristianismo também tiveram suas crises espirituais, mesmo sendo gigantes da fé. Mas do mesmo jeito que eles encontraram um caminho para prosseguir, você terá um incentivo para seguir sua caminhada cristã, sabendo que Deus tem algo maravilhoso que sua imaginação não pode projetar.

Um livro de leitura agradável e que pode trazer ânimo a uma vida desanimada.

“De fato, eis a luta maior na vida espiritual: ir ou não em busca de Jesus. É difícil porque, muitas vezes, parece mais fácil fazer qualquer outra coisa do que investir nesse relacionamento”


Título: Crise espiritual
Autor: Fernando Beier
Editora: CPB
Páginas: 112
Edição

Resenha escrita por Wesley Ximenes
Participante desde 2012




0 comentários:

Postar um comentário