27/05/2020

Em busca de sentido - Resenha em vídeo




Lançamos outra resenha no nosso canal no Youtube. Nesse vídeo a Elen fala sobre o livro Em Busca de Sentido, de Viktor E. Frankl. Neste livro o autor conta um pouco de sua experiência em Campos de Concentração durante a 2ª Guerra Mundial.

Essa é uma leitura motivadora e com capacidade de transformação. Visitar os campos de concentração é algo que muda nossa forma de pensar e agir.




Você pode conferir a resenha escrita nesse link aqui.

Leia Mais
Compartilhe:

22/05/2020

Saldo Extra - Resenha em Vídeo



Fizemos a resenha em vídeo do Livro Saldo Extra, escrito por Antonio Tostes. Segue o vídeo para você conferir. Se você não é inscrito no canal, se inscreva e acompanhe nossos vídeos.




Siga-nos também no Instagram (@quemleganhamais), pois lá dá para conversarmos e trocarmos ideias sobre livros e leituras.

Caso queira, a resenha escrita você encontra nesse link.

Leia Mais
Compartilhe:

19/05/2020

Resenha do Livro - A revolução dos bichos




Desde quando ouvi falar sobre este livro, fiquei ansiosa para ler! A Revolução dos bichos é grande clássico, uma fábula que faz alusão à Revolução Russa.

E você pode até pensar: “Ah, mas eu sou brasileiro não tenho nada a ver com a Rússia, não sei nada de revolução russa, como vou entender o livro?” Calma!

Vamos conhecer o autor e seus propósitos com a escrita. George Orweell foi o pseudônimo do jornalista e locutor de rádio Arthur Blair que nasceu na Índia, mas tinha nacionalidade britânica e viveu entre 1903 e 1950.  Quando ele pensou em escrever este livro ele queria escrever uma história simples que denunciasse o mito soviético que fosse fácil de entender, e de se traduzir.

Um dia na pequena cidade onde ele morava ele viu um menino de uns dez anos chicoteando um cavalo enorme. E George pensou, se os animais tivessem consciência de sua força, nós seres humanos não teríamos o menor poder sobre eles. E como um bom socialista ele presumiu: da mesma forma o trabalhador é explorado pelos ricos. E foi assim que surgiu a ideia analisar as teorias de Marx do ponto de vista dos animais, escrevendo uma história em que os animais fossem capazes lutar para derrubar os seus exploradores humanos.

A fábula se desenrola na Granja do Solar, quando os animais são convocados para ouvir as últimas palavras de um velho porco, que era o animal mais respeitado da fazenda. Então o velho Major, começa a falar sobre como eles eram explorados pelo dono da Granja, o senhor Jones, e motiva-os a lutar para derrubar o opressor e, assim viverem livremente, com base na ajuda mútua.

O Major morre, e seus ideais são revividos por outros dois porcos, Bola de Neve e Napoleão: os seres mais inteligentes da Granja. Os animais se organizam e conseguem expulsar o senhor Jones da fazenda, tomando conta de tudo. Como a história de desenvolve a partir da tomada de poder pelos animais, você vai descobrir lendo o livro, não vou dar spoilers.

A fábula não é uma crítica ao socialismo em si, e sim ao regime comunista implantado por Stalin. Ainda que o objetivo do autor fora denunciar o mito soviético, a compreensão desta obra pode ser expandida. É uma fábula sobre poder, sobre como qualquer sociedade sem conhecimento tende a considerar seus exploradores como seus heróis. São retratadas as formas de manipulação e alienação que existem no meio político. Assim como, uma mentira repetida várias vezes passa a ser considerada verdade.

Os discursos dos personagens que exercem papel de liderança me chamaram muito a atenção, porque eu parei e pensei: Nada novo debaixo do sol. São as mesmas estratégias, o triste é que até hoje somos reféns das mesmas falácias. “Os burros vivem muito”.

Para mim, esse livro foi um chamado à lucidez, a razão. Se você ler o livro de forma racional, tenho certeza que conseguirá enxergar vários contextos políticos brasileiros retratados na fábula. E isso contribuirá para a formação de um pensamento menos emocional e mais inteligente em relação à política.

E mesmo que você não saiba nada sobre Revolução Russa ainda sim essa leitura será interessante, pois como uma boa fábula qualquer um consegue captar a moral da história.

Esta é uma grande obra. George Orwell era um gênio, esse livro foi escrito em 1945, e é completamente atual. O autor teve muita dificuldade para conseguir publicar, foi rejeitado por 4 editoras, é proibido até hoje em alguns países. Então aproveite que não é proibido no Brasil e leia!




Título: A Revolução dos Bichos
Autor: George Orwell
Editora: Companhia das Letras
Páinas: 152

Leia Mais
Compartilhe:

15/05/2020

Resenha do Livro - Formigas




Você tem dificuldades para se organizar? Tem problemas com procrastinação? Gostaria de aproveitar melhor o seu tempo? Você pode aprender tudo isso com sociedade mais bem-sucedida da terra. E essa sociedade é formada pelas formigas!

Se você não tem o hábito da leitura e gostaria de desenvolvê-lo, este é um ótimo livro para isso. É um livro de apenas 118 páginas, com capítulos curtos, linguagem fácil e um assunto interessante e envolvente.

Os autores são Willian Douglas e Davi Lago. Willian Douglas é juiz federal, professor universitário e conferencista. Inclusive eu conheci o Willian quando eu estava no ensino médio me preparando para os vestibulares, assisti uma palestra sobre como passar em concursos e provas de vestibulares. Lembro que foi uma palestra que mudou minha vida, minha forma de administrar o meu tempo. O outro autor, Davi Lago é mestre em Filosofia do Direito e pastor da igreja Batista Getsêmani.

A ideia do livro parte do verso bíblico que está em Provérbios 6: 6-9

Observe a formiga preguiçoso, reflita nos caminhos dela e seja sábio. Ela não tem chefe, nem supervisor, nem governante, e ainda assim armazena as suas provisões no verão e na época da colheita ajunta o seu alimento. Até quando você vai ficar deitado, preguiçoso? Quando se levantará de seu sono?

Através desta leitura nós fazemos uma viagem para dentro de um formigueiro, conhecendo a estrutura desta sociedade, a hierarquia e as divisões de tarefas. Em cada capítulo os autores descrevem uma característica biológica ou ecológica das formigas e relacionam com uma lição prática para nossa vida. No total são 10 lições. E estas lições envolvem planejamento, trabalho com propósito, trabalho em equipe, economia- e nesta parte é ressaltado o que podemos aprender com as formigas para sermos mais organizados financeiramente, dentre outras lições. E todas estas lições são fundamentadas em princípios bíblicos.

O capítulo que eu mais gostei foi o capítulo 8, que trata como as formigas administram o tempo com inteligência. E uma frase que me marcou desta parte foi: quem mata tempo não é assassino e sim suicida.

Os autores concluem o livro com a ideia de que mesmo a vida das formigas sendo tão breve, elas vivem tão bem, com tanta sabedoria! Elas deixam um legado.

A nossa vida também é breve, e precisamos aprender com as formigas a viver com sabedoria.  Se interessou pelo livro? Qual a característica das formigas que você acha mais interessante?





Título: Formigas- Lições da sociedade mais bem sucedida da terra
Autores: Willian Douglas e Davi Lago
Editora: Mundo Cristão
Páginas: 118

Leia Mais
Compartilhe:

12/05/2020

Resenha do Livro - Amando uns aos outros




O autor Leo Buscaglia foi um renomado autor e um professor destacado na Universidade da Califórnia do Sul, nos Estados Unidos. Dedicou grande parte da sua vida em analisar a dinâmica do amor e das relações amorosas. De tanto falar e estudar sobre esse assunto, ele era conhecido como Doutor Amor.

Amando uns aos Outros é quase um manual de como conseguir construir relacionamentos duradouros e sadios entre as pessoas. O bom relacionamento é baseado no Amor, e aqui Leo aborda as complexidades e os desafios existentes nos relacionamentos em geral.

Podemos dividir o livro em 3 partes. A primeira parte fala sobre o Mito, sobre a afirmação presente em todos os finais de contos: “E viveram felizes para sempre...” que a partir de agora não haverá mais problemas e somente o amor basta. Muitos acreditam que um relacionamento amoroso é assim, e no primeiro problema, no primeiro desentendimento, desanimam e começam a lamentar. As vezes, o simples fato de uma opinião diferente causa um enorme transtorno.

Compreendendo essa primeira parte, vamos para a segunda que se trata do Estudo. Buscando compreender mais sobre os relacionamentos, o professor Buscaglia elaborou uma pesquisa para verificar os vários aspectos existentes no “relacionamento”. Para isso, a definição formal de relacionamento seria: “

Uma ligação ou união de comum acordo, duradoura, socialmente aceita, que preencha certas necessidades dos indivíduos e da sociedade que vivem.”

Os resultados mostraram com quem é estabelecido o relacionamento principal. Esse relacionamento pode ser com o cônjuge, com pai ou mãe, com filhos, consigo mesmo e até com animais.  Além disso, foi listadas as qualidades que são mais essenciais para o crescimento do amor dentro do relacionamento e também quais são as mais destrutivas, são elas:

Essenciais - Comunicação; Afeição; Compaixão/Capacidade de Perdoar; Honestidade; Aceitação; Dependência; Senso de Humor; Romance (Incluindo sexo); Paciência e Liberdade.

Destrutivas – Falta de comunicação; Egoísmo (incapacidade de perdoar); Desonestidade; Ciúme; Falta de Confiança; Perfeccionismo; Falta de Flexibilidade (não estar aberto a mudanças); Falta de compreensão; Falta de Respeito e Apatia.

Sabendo que proporciona o crescimento e o que destrói o relacionamento, partimos para a terceira parte do livro onde encontramos 10 lições práticas a serem trabalhadas a fim de desenvolver amor nas relações. São capítulos bem compreensíveis e claros, que auxiliam muito no entendimento do assunto.

Após a conceitualização de um relacionamento amoroso, temos capítulos tratando dos assuntos de comunicação, honestidade, perdão, alegria e intimidade. Também trata de maneira bem clara a questão do ciúme. Ao final ele compartilha alguns concelhos das pessoas que compartilharam quando responderam o questionário. São bons conselhos e vou compartilhar alguns aqui:

Invista muito tempo e energia em seus relacionamentos. Relacionamentos duradouros não acontecem por acaso, eles são criados.

Não tenha medo de doar-se. Isso nunca será demais, se você está querendo fazê-lo.

Nunca force ninguém a fazer nada por você “em nome do amor”. O amor não está para ser barganhado.

Mantenha a criança dentro de você viva e brincando.

E por fim:

Não se apegue à mágoa, raiva ou dor. Elas roubam sua energia e o afastam do amor.

O último capítulo nos fortalece para enfrentar os desafios que existem dentro dos relacionamentos humanos. Compreendemos que para alcançar o êxito nesses relacionamentos depende mais de nós do que da outra pessoa. O autor enumera algumas coisas que são muito importantes como: conhecer a si mesmo; se livrar das irritações banais; ser mais espontâneo, ser mais atencioso e trazer prazer para dentro da relação.

Esse é um daqueles livros que não dá para ler apenas uma vez. Tem que voltar e reler, pois mudar a nós mesmo não é uma coisa fácil. Se você tiver a oportunidade de ler esse livro, aproveite, pois é um ótimo guia para construir relações amorosas.






Título: Amando uns aos outros
Autor: Leo Buscaglia
Editora: Record
Páginas: 209

Leia Mais
Compartilhe:

11/05/2020

Resenha do Livro - Daniel - Segredos da Profecia




O livro bíblico de Daniel é muito interessante e com um conteúdo simbólico que precisa de uma boa explicação. Esse livro foi escrito pelo Pastor Arilton Oliveira e ele é um ótimo professor. É possível acompanha-lo através do programa Bíblia Fácil do canal Novo Tempo, nesse programa é possível aprender muito sobre o que a bíblia tem a nos ensinar.

Na bíblia, quando vamos ler o livro de Daniel, vamos encontrar uma parte retratando o contexto histórico, relatando os acontecimentos com Daniel e seus amigos, sobre os reis Nabucodonosor, Belzasar, Dario e Ciro. Todos esses são personagens históricos e lemos alguns relatos de sua vida.

Também encontramos uma outra parte mais simbólica, com figuras esquisitas e que não relatam apenas a época em que foi escrito. Essa parte é a seção profética do livro, que compreende desde o período em que Daniel vivia até o final dos tempos e o surgimento de um Reino Eterno. Isso pode ser bem confuso para o leitor despreparado.

Para poder clarear esses assuntos descritos no livro, o pastor Arilton divide seu livro em duas seções, uma falando da parte histórica e outra falando da parte profética. Tudo de uma forma bem didática e clara para melhor entendimento.

Na parte histórica aprendemos um pouco do contexto que o livro foi escrito, um pouco mais sobre os personagens, e alguns detalhes históricos que não estão presentes na bíblia, mas a arqueologia e a os registros históricos fornecem para enriquecer o estudo dessa parte da bíblia.

Na segunda parte é detalhado e explicado todos os símbolos que são encontrados no livro bíblico. Vamos aprender sobre os 4 animais, entender quem são o carneiro e o bode, e o chifre pequeno. Compreender o que seria a purificação do santuário e onde está esse santuário. Apresenta também os dados para interpretar as 2300 tardes e manhãs, o tempo de angustia e o Reino Eterno de Cristo. Muita coisa complicada que pode deixar muitos confusos.

Eliminando toda essa confusão, temos uma explicação leve e clara desses assuntos que vão nos auxiliar na melhor interpretação bíblica do livro de Daniel. Um ótimo livro para ler e estudar.

Se você gosta de história, profecias ou de conhecer mais sobre a bíblia, esse livro é recomendado para você.

Título: Daniel - segredos da profecia
Autor: Arinton Oliveira
Editora: Casa Publicadora Brasileira
Páginas: 208

Leia Mais
Compartilhe:

08/05/2020

Resenha do Livro - Música na igreja




Como funciona o Ministério de Música na sua igreja? Você já se perguntou por que o assunto “música” é tão controverso? Já ouviu alguém dizer que determinado instrumento não pode ser tocado na igreja? Então você precisa ler este livro!

Esta obra foi escrita por Daniel Oscar Plenc, doutor em teologia, professor universitário e diretor do Centro de Pesquisa Ellen White na Universidade Adventista del Plata. O livro foi escrito no contexto adventista, mas há muita informação relevante que pode ser aproveitada por outras denominações cristãs.

O livro foi dividido em quatro sessões. A primeira sessão intitulada A música na Bíblia trata das referências musicais no Antigo e no Novo Testamento. Os instrumentos musicais utilizados no contexto bíblico são descritos, bem como achei interessante foi a diferença entre a música tocada no templo e a música das sinagogas.

No templo a música era vocal e instrumental, dirigida por profissionais que estudavam 10 anos para participar do serviço de cântico no momento dos sacrifícios. Nas sinagogas a música era apenas vocal, devido o contexto de luto que os judeus viviam e, era dirigida por leigos.

Na sessão O Adventismo e a música é relatado como foi a introdução de cânticos nos primórdios da igreja, bem como a organização dos hinários. O autor faz também uma revisão do que Ellen White escreveu sobre música.

Na parte Música, adoração e teologia: possíveis conexões teóricas, são expostas as principais ideias envolvendo música e teologia, música e a missão da igreja. Há uma síntese sobre os principais documentos existentes na Igreja Adventista que tratam do assunto.

Para finalizar, na última sessão O Ministério da Música o autor traz orientações e dicas para quem trabalha neste ministério. Orientações para diretores do ministério, cantores, instrumentistas e sonoplastas. Como organizar a congregação para aprender novos hinos, a importância de grupos e corais são alguns dos tópicos abordados.

Música é arte. Segundo o autor e difícil e até mesmo desnecessário julgar a arte através das lentes da teologia. O ponto fundamental é definir o papel da música no âmbito religioso como uma ferramenta de adoração, edificação e evangelização.

Título: Música na Igreja
Autor: Daniel Oscar Plenc
Editora: Casa Publicadora
Páginas: 189




Leia Mais
Compartilhe:
 

Siga-nos no Instagram