,

Resenha do Livro - O ciclo da (in)felicidade





A autora Carol Cannon é graduada em religião e tem mestrado em Educação e Aconselhamento pela Universidade de Andrews. Carol é fundadora e diretora do programa The Bridge to Recovery (A Ponte para Recuperação), em Bowling Green, no estado de Kentucky, Estados Unidos. Trata de uma organização destinada a pessoas que sofrem de dependências.

O Ciclo da (in)felicidade é para aqueles que são negaólotras, workaholicos, mártires,  controladores compulsivos e viciados em infelicidade. Pode parecer que não, mas quase todas as pessoas se encaixam em alguma dessas características. A infelicidade é um vício, e como todos os outros vícios, a pessoa é a última a saber que está viciada, e quando descobre o vício, costuma negá-lo, para não assumir que tem prazer em ser infeliz.

Carol, uma viciada em infelicidade, workahólica, perfeccionista, cuidadora, controladora e exagerada em tudo que realiza, nos apresenta como conseguiu vencer os seus vários vícios e tem sido feliz nos últimos 30 anos. Ela ilustra o livro com suas experiências e com as experiências de outras pessoas que também passaram pela sua instituição e que venceram o vício da infelicidade.

A autora apresenta aos leitores “Os Doze Passos”, que foi o instrumento para sua vitória contra a infelicidade e auxilia o leitor para que ele também consiga vencer seus vícios. No livro encontramos uma melhor descrição e origem dos Doze Passos, e como isso tem transformado a vida de diferentes pessoas nos mais variados lugares do mundo.

É um livro para todas as pessoas, pois podemos não ser um viciado em infelicidade, mas provavelmente conhecemos alguém que é assim. Com esse livro é possível ajudar todos aqueles que querem vencer seu vício em tristezas.


Título: O ciclo da (in)felicidade
Autor: Carol Cannon
Editora: CPB
Páginas: 192
Edição

Resenha escrita por Elen e Wesley Ximenes
Participantes desde 2012

0 comentários:

Postar um comentário