, , , ,

Resenha do Livro - As Crônicas do Anjo Gabriel



As Crônicas do Anjo Gabriel foi escrita por Vicente Pessoa, teólogo, palestrante e escritor há 12 anos. Juntamente com sua esposa desenvolve atividades de aconselhamento espiritual, psicológico e familiar.
Esse belíssimo texto literário é narrado pelo Anjo Gabriel, o Querubim Cobridor. Existem tem três linhagens de anjos, os serafins, querubins e anjos mensageiros. Os querubins são os que possuem quatro asas e lideram os demais em suas diferentes funções. O Anjo Gabriel foi o segundo querubim a ser criado, e sua função foi estabelecida: ser um dos líderes dos anjos mensageiros.

“Quando fui criado, acordei e tive consciência pela primeira vez, foi uma experiência interessante. Na Terra os humanos nascem como bebês e crescem até se tornarem adultos. Eles tomam consciência sobre as expectativas da vida de forma progressiva. Nós fomos criados adultos com mentalidade adulta.”

Neste cenário de harmonia entre os seres celestiais e o seu Criador, surge uma rebelião liderada pelo querubim de maior posição no céu: Lúcifer. A batalha foi travada inicialmente na mente de cada ser para decidir de qual lado ficariam: se com Lúcifer ou com o Arcanjo Miguel, um tipo especial de anjo com uma missão diferenciada de todos os outros seres.
O resultado dessa batalha foi a vitória do Arcanjo Miguel e seus anjos, entre eles Gabriel. Enquanto Lúcifer e os seus, revoltados com o seu Criador, foram os expulsos do ambiente Celestial e posteriormente vieram para o planeta Terra.
O conflito agora ocorre na Terra. Os seres humanos dotados de direito de escolha são confrontados com as ideias distorcidas de Lúcifer em relação ao Criador. Ele queria que os seres humanos acreditassem que Deus era um tirano autoritário e não o Amor em essência.
O Anjo Gabriel relata a trajetória da humanidade desde Adão e Eva, passando por Noé, Abraão, José, Moisés, Davi, Daniel e outros mais, discorrendo sobre suas lutas e tentações. Suas missões também são descritas, por exemplo, a visita às cidades de Sodoma e Gomorra, anúncio dos nascimentos de Sansão e João Batista.
O Querubim Cobridor narrou e acompanhou Jesus desde o seu nascimento até a sua ressureição. Era considerado um grande amigo do filho de Deus e o fortaleceu em momentos difíceis como no deserto da tentação e em seus momentos a sós em oração. Estêvão, Paulo e Tiago também foram contemplados nos relatos desse anjo.
A história da humanidade segue descrita por este ser angelical até chegar a nossa era contemporânea. A luta do Bem contra o Mal continua a ser travada e os seres humanos a cada escolha vão decidindo de qual lado querem ficar. E nesse ambiente de resoluções são destacados os personagens Tereza, Carlos, Magda e José.  Pessoas que estão em busca de encontrar respostas para as indagações que norteiam sua existência: Como o mal surgiu?  Lúcifer foi culpado? Deus é realmente severo e ditador? Por que temos que sofrer? Qual o nosso destino final?  
O final do livro é surpreendente. O desfecho dessa história revela como o Criador demonstra seu imenso amor por todos os seres, e busca se relacionar com cada uma de suas criaturas como se fossem únicas.
Este livro é indicado para quem gosta de ficção, romance e história. Se você gosta de um bom livro, não fique sem ler e ter essa obra completa, bem escrita e que te emocionará do início ao fim.
Para maiores informações, curiosidades e compra do livro, acesse o site: www.acdag.com.
Além disso, curta a página no Facebook: fb/ascronicasdoanjogabriel e siga no Instagram: @editorapavel.

Dados do livro
Título: As Crônicas do Anjo Gabriel
Autor: Vicente Pessoa
Editora: Pavel
Páginas: 448
Edição 

Em meio às diversas atividades e viagens que fiz nas férias, concluí a leitura do livro em duas semanas. E você, já leu um livro de 448 páginas em quanto tempo?

Sorteio

Vamos sortear um exemplar desse livro. Para concorrer é muito simples: Nos siga no Instagram @quemleganhamais e marque 3 amigos na postagem do sorteio. Maiores informações vocês encontraram na foto a ser compartilhada.

0 comentários:

Postar um comentário