,

Resenha do Livro - Fugindo para a liberdade




Doru Tarita é pastor e tem trabalhado nos últimos anos em diversas cidades na Áustria. Atualmente vive em Viena, na Áustria com sua esposa e filhos. Kara Kerbs mora nos Estados Unidos. É formada em psicologia e tem mestrado em aconselhamento comunitário. Trabalha com adolescentes que lutam contra algum vício ou que enfrentam algum tipo de condenação e que necessitam de acompanhamento.

Este livro conta a experiência real de Doru, um romeno que viveu no regime comunista na década de 80 na Romênia e que como muitos outros habitantes de lá, buscou a liberdade das garras do regime através da fuga do país.

Doru conta suas experiências vividas e as dificuldades que teve por ser adventista do sétimo dia em um regime governamental que é ateu. Ele conta que todas as denominações eram consideradas como seitas e não só ele, mas muitos outros cristãos eram perseguidos e pressionados a desistirem de sua fé. Doru sempre se manteve firme.

Sua família sofreu por conta do regime comunista. O emprego era difícil por conta da opção religiosa. A comida era escassa e regrada. Além do racionamento em diversos itens do consumo básico. Sua família sobrevivia com algumas frutas no pomar de casa e verduras de uma pequena horta.

Doru relata suas dificuldades enfrentadas na escola até a sua formação.  Nos conta suas provações e testes de fé no período de serviço obrigatório no exército. E posteriormente sua luta para conseguir um emprego após a dispensa do serviço militar. Finalmente Doru descreve a maior aventura de sua vida.

Repleto de momentos de ansiedade e tensão, a história mostra a coragem de um jovem em busca de um ideal e as obras de um companheiro invisível. Durante a aventura, em muitos momentos Doru teve a certeza de que não estava só.

É uma emocionante jornada de mais de 750 quilômetros com um final surpreendente.


Título: Fugindo para a liberdade
Autor: Doru Tarita e Kara Kerbs
Editora: CPB
Páginas: 144
Edição

Resenha escrita por Wesley Ximenes
Participante desde 2012


0 comentários:

Postar um comentário