, , ,

Resenha do livro - Cartas de um diabo a seu aprendiz



C. S. Lewis, o famoso apologista cristão do século 20 é um dos meus autores preferidos.

“Cartas de um diabo a seu aprendiz” é uma ficção que me causou curiosidade por esse título tão ousado e às vezes desafiador para os cristãos. Falar sobre o diabo não é um assunto tão agradável e fácil assim. Apesar do título causar terror em alguns a obra tem uma escrita leve, mas de significado profundo.

Os capítulos são divididos a partir das cartas escritas por Fitafuso, um  demônio sênior ao seu aprendiz, o demônio Vermebile. Cada capítulo é uma carta diferente onde Fitafuso elogia ou critica as ações do demônio Vermebile em prol da queda dos seres humanos.

Vermebile possui um “paciente” o qual é alvo dos seus planos de tentação. Todas as áreas da vida deste ser humano recebem estreita atenção do demônio, sua religião, seus relacionamentos, sua cosmovisão e até mesmo o uso do seu tempo.

Apesar do tom irônico e cômico, esta história nos faz refletir sobre aspectos muitas vezes ignorados que são pequenos pontos onde infelizmente o diabo pode ganhar espaço em nossa vida. Deus é denominado como o “Inimigo” por Fitafuso, vou compartilhar com vocês algumas frases marcantes:

 “a busca por uma igreja que combine com ele faz do homem um crítico, quando na verdade, o Inimigo quer que ele seja apenas um aprendiz

o namoro é a época ideal para plantar aquelas sementes que daqui a dez anos darão os frutos do ódio doméstico

Deixe-o fazer tudo, menos agir


Leia o livro e descubra se Vermebile consegue a aprovação final do Fitafuso. É um livro para aprender a fazer tudo ao contrário do que é dito.

Título: Cartas de um diabo a seu aprendiz
Autor: C. S. Lewis
Páginas: 216
Editora: Wmf Martins Fontes

0 comentários:

Postar um comentário