,

Resenha do livro - A linguagem das emoções



     A linguagem das emoções foi escrito por Paul Ekman, um dos psicólogos mais influentes do mundo no século 20, listado pela revista Time (2009). Co-descobridor de micro-expressões, ele é um dos autores mais conhecidos por promover nossa compreensão do comportamento não-verbal, que abrange as expressões faciais e gestos. Paul Ekman é professor emérito na Universidade de Califórnia em São Francisco (UCSF), além de continuar com suas pesquisas.

       Podemos dividir o livro em três distintas partes. Primeira, a introdução e explicação da emoção na cultura humana. Segunda parte descreve a emoção em geral, como nos emocionamos, o que nos emociona e o comportamento emocional. Na terceira parte são descritas as 7 principais emoções que são (tristeza, angustia, raiva, surpresa, medo, aversão e desprezo), além de discutir sobre as emoções agradáveis e mentiras.

          O livro contém uma grande quantidade de fotografias, o que facilita o aprendizado e entendimento das explicações dos músculos que movimentam nas emoções. Em alguns capítulos, são apresentadas fotos em momentos reais, os quais elucida melhor ainda a explicação dos movimentos faciais na emoção.

          A leitura do livro proporciona ao leitor a identificação dos sinais emotivos. Com essa identificação, é possível tomar melhores atitudes numa discussão, entender melhor um subordinado ou um chefe, comunicar melhor com o cônjuge e compreender o silêncio de um filho adolescente.

          Uma ótima leitura para aqueles que buscam compreender melhor as emoções.


Título: A linguagem das emoções
Autor: Paul Ekman
Editora: Lua de Papel
Páginas: 287
Edição: 1ª edição

Resenha escrita por Wesley Ximenes
Participante desde 2012

0 comentários:

Postar um comentário