, , ,

Resenha do Livro - Sem Fronteiras


Você gosta de biografias? Espero que sim. Caso esteja querendo começar por alguma mais curta este livro é uma ótima opção. Eu particularmente gosto de biografias, pois viajo nas lembranças do autor e sinto um pouquinho da experiência de como seria viver em uma época e ambiente bem diferente do qual eu vivo. Sem Fronteiras é a história de vida do Pastor Moysés S. Nigri, um respeitado profissional que trabalhou em diversas esferas administrativas da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

O livro inicia com o ápice da vida profissional do Pastor Nigri: o convite de ocupar uma cadeira de vice-presidência da Associação Geral, órgão máximo administrativo da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Aceitando, ele seria o primeiro sul-americano a exercer este cargo anteriormente exercido por pessoas de origem norte-americana.

Porém para chegar até este momento, o autor descreve e relembra a sua origem humilde e simples. Moysés nasceu no Rio de Janeiro no ano que se iniciou a primeira guerra mundial, filho de Selim Mousha Nigri e Erina Vieira. Ele, judeu nascido em Beirute, capital do Líbano, que veio para o Brasil e tinha sua fábrica de gravatas. Ela, carioca, neta de português, formada em bordado e alta-costura. Teve uma infância difícil e cheia de provas, mas em cada desafio vivido, o autor mostra como a mão de Deus esteve sempre presente na vida daqueles que são fiéis a Ele.

Dizem que ao lado de um grande homem sempre há uma grande mulher, e o pastor Nigri não deixa de fora a origem da sua fiel companheira, Maria Alida Baar. Nascida na Letônia, não teve uma vida fácil e passou por diversas provas. A vinda dela para o Brasil foi bem interessante, mas eu não vou contar muita coisa para não perder a graça na hora que você for ler o livro.

O desenrolar do livro agora é recheado de boas histórias, aventuras e romance também, pois parece coisa de cinema o início do relacionamento de Moysés e Maria Alida, daqueles romances que nos fazem encher os olhos de lágrimas de emoção e abrir um sorriso de felicidade.

Mais para o final do livro, o pastor Nigri nos conta os desafios para escrever essa biografia, e sinceramente, creio não ter sido simples, pois é muita história para contar e quando uma pessoa quer que tudo saia perfeitamente do gosto dele, o trabalho fica dobrado. O bom é que ele conseguiu terminar esse projeto e hoje temos condições de ler uma linda história de alguém que dedicou a sua vida para trabalhar para Deus.

No final do livro existe uma lista bibliográfica para que os leitores possam se aprofundar mais na história dos nossos principais personagens e vários artigos escritos pelo pastor Nigri. As últimas páginas são de fotografias da família.

Este é um livro envolvente e emocionante e sem contraindicações. Com uma escrita agradável e leve, a vontade é de ler o livro todo de uma vez só.

Convido você a ler este livro e deixe aqui nos comentários o que você achou da leitura.

Título: Sem Fronteiras
Autor: Moysés S. Nigri
Editora: Casa Publicadora Brasileira
Páginas: 128 

0 comentários:

Postar um comentário