, , , ,

Resenha do Livro - Em busca de Esperança



Em Busca de Esperança é um livro que faz parte do projeto Impacto Esperança da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Esse projeto está completando 10 anos em 2017 e todos os anos é lançado um livro que busca motivar o leitor a ter Esperança de uma vida melhor.

O livro deste ano é uma seleção de textos de um outro livro chamado História da Redenção, escrito por Ellen G. White. Ela é uma das autoras mais traduzidas do mundo e durante sua vida, escreveu diversos livros, artigos e cartas. Ela é autora dos seguintes livros: O Grande Conflito, O Desejado de Todas as Nações, O maior discurso de Cristo, entre outros.

Sempre ouvimos que existem duas forças distintas no mundo e que elas estão sempre em guerra, são elas: o bem e o mal. Por conta dessas forças, encontramos dualidade em tudo ao nosso redor, Amor e Ódio, Paz e Guerra, Saúda e Doença... E juntamente com esses opostos, surgem diversas perguntas como: Por que o sofrimento existe? Por que o mal aparenta prevalecer sobre o bem? De que lado vale a pena estar?

O conteúdo do livro é sucinto e vai direto ao ponto. Ele apresenta o inimigo, o libertador, a tragédia, a promessa, a conquista, o livramento, a sentença e o recomeço, personagens e cenários deste enredo emocionante. Tudo isso e muito mais é possível encontrar nessa leitura.

A autora nos apresenta um resumo da história deste mundo e nos apresenta para um desfecho final emocionante e que nos motiva a termos esperança em dias melhores. Mesmo tendo sido escrito há vários anos atrás, o livro tem um conteúdo atual e que vem de encontro com a nossa ânsia por um mundo melhor.

Em busca de Esperança é um livro que quer abrir os olhos do leitor e mostrar uma porta para um futuro melhor, um futuro glorioso para aqueles que forem resgatados deste mundo perverso e cheio de sofrimento. Ele foi preparado com todo carinho para te mostrar que ainda existe esperança.


Título: Em busca de Esperança
Autora: Ellen G. White
Editora: Casa Publicadora Brasileira

Páginas: 80

0 comentários:

Postar um comentário